YouTube

Artigos Recentes

Sonambulismo: causas, mitos e tratamentos



          O sonambulismo é um transtorno comportamental dosono, onde a pessoa desenvolve habilidades motoras simples, ou bem complexas, sem estar consciente disso. A pessoa pode andar, comer, trocar de roupa, sair de casa, dirigir, entre diversas outras ações, rotineiras ou não. E existem dois mitos relacionados a esse distúrbio.

          O primeiro é o de que as pessoas só entram nesse estágio a partir do sono REM (onde ocorrem os movimentos rápidos dos olhos). Não, o sonambulismo pode ocorrer antes ou durante esse estágio. A crença contrária surgiu porque no REM é onde possuímos os sonhos mais vívidos e onde o sono é o mais profundo. Outro mito, mais forte ainda, é que seria muito perigoso acordar uma pessoa sonâmbula, porque isso poderia causar graves danos a ela, principalmente mentais. Não é verdade e pode até ser perigoso não acordá-la.  Se você deixar a pessoa andando por aí e fazendo o que bem entender sem consciência nenhuma, graves acidentes podem ocorrer, e até mesmo atos criminosos e de extrema vergonha. É difícil acordar um sonâmbulo, mas é o mais recomendado pelos especialistas. Agora, é bom ficar atento: quando a pessoa acorda desse estado, ela pode ficar confusa e temporariamente violenta. Ou seja, tente acalmá-la o mais rápido possível e não use de muita agressividade para acordá-la.

         A causa e tratamentos específicos para o sonambulismo ainda são desconhecidos. Já foi-se descoberto, contudo, que existe uma predisposição genética para esse transtorno. Gêmeos idênticos possuem muito mais chance de desenvolvê-lo caso um deles tenha e pessoas com parentes sonâmbulos possuem também uma maior chance de adquirir o sonambulismo. E também temos fatores externos que favorecem esse transtorno, como o consumo alcoólico, uso constante de sedativos, estresse diário, ansiedade e febre. Além disso, problemas respiratórios, irritação gástrica e estresse pós-traumático também podem ser fortes precursores.

- Continua após o anúncio -



          Caso você ou algum conhecido sofram de sonambulismo, procure ou indique sempre a ajuda e o aconselhamento de profissionais de saúde. Cada caso terá estratégias diferentes de tratamento, onde até mesmo o uso de medicamentos pode ser necessário.

Curiosidade: O pedreiro Odair José Berti,  na época com 35 anos, na região do Córrego do Bananalzinho, escalou uma montanha de 300 metros de altura, sem ajuda nenhuma de equipamento, durante um episódio de sonambulismo! Para se ter uma ideia, o resgate durou cerca de 12 horas pelo corpo de bombeiros, de tão íngreme e difícil era a escalada, mesmo com a ajuda de todos os equipamentos possíveis. Odair tinha subido até o alto da montanha e só acordou lá no topo!

Curiosidade 2: Vários crimes envolvendo pessoas em estado de sonambulismo já foram registrados em tribunais, abrangendo agressões e até mesmo assassinatos. Em 2008, por exemplo, Brian Thomas foi acusado de matar sua esposa, em West Wales, Reino Unido, e, sob a alegação de ter praticado o crime enquanto estava em estado de sonambulismo, acabou sendo inocentado. Lógico que, também, existem aqueles casos em que a pessoa inventa ter o problema para tentar se safar. Cabe à Justiça investigar cautelosamente os fatos, consultando especialistas, peritos criminais e histórico de saúde do réu.

Artigo relacionado: O que é a aterrorizante paralisia do sono?

REFERÊNCIAS CIENTÍFICAS
  1. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC1662124/
  2. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/12509590
  3. http://www.psychiatrist.com/JCP/article/Pages/1999/v60n04/v60n0413.aspx
  4. http://www.psychiatrist.com/JCP/article/Pages/1999/v60n04/v60n0413.aspx
  5. http://www.neurology.org/content/48/1/177.short
  6. http://pediatrics.aappublications.org/content/111/1/e17.short
  7. http://www.nature.com/mp/journal/v8/n1/abs/4001203a.html
  8. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/16194798
  9. http://link.springer.com/article/10.1007/s12152-015-9237-4
  10. http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3869061/