YouTube

Artigos Recentes

Qual é a diferença entre Bobcat e outros linces?

Figura 1. Foto de um lince-pardo, popularmente conhecido como Bobcat.

          O Lince-Pardo (Lynx rufus) - conhecido em inglês como "Bobcat" - é um felino encontrado em especial nos EUA, mas com distribuição geográfica cobrindo também parte do Canadá e grande parte do México. Com um comprimento corporal de ~90 cm, altura até os ombros de 46-64 cm e uma massa corporal de 4-11 kg, o lince-pardo possui uma cauda muito curta e a pelagem dessa espécie a camufla bem no seu habitat natural, facilitando a caça da sua principal presa: coelhos do gênero Sylvilagus. Porém, sua dieta também engloba lebres, roedores (ex.: ratos e esquilos), pequenos cervídeos, cobras, lagartos, aves e animais domésticos (ex.: cães, gatos e ovelhas). De hábitos solitários, são ótimos escaladores de árvores e corredores (velocidade de até 48 km/h), e se comunicam através de cheiros, visualização e vocalização. Enquanto fêmeas são sexualmente maduras após 1 anos de idade, machos não acasalam até pelo menos 2 anos de idade. A espécie possui longevidade de até 15 anos no meio selvagem e de até 18 anos em cativeiro (sob tratamento especializado).

- Continua após o anúncio -


          A partir de meados do século XX, as populações de lince-pardo experienciaram dramáticos declínios devido à caça e à devastação ambiental. Recuperação populacional da espécie ocorreu a partir da década de 1990. Hoje a espécie não está ameaçada de extinção e é muito abundante nos EUA, segundo reporte mais recente da IUCN.

           O gênero Lynx engloba quatro espécies, as quais são comumente confundidas entre si e possuem uma divergência evolutiva há 3,2 milhões de anos (Fig.2). Diferente do "Bobcat", que possui uma grande adaptabilidade a biomas e climas diversos, os outros linces (Eurasiano, Ibérico e Canadense) são limitados a altas latitudes ao norte e ambientes muito frios (apesar de todos exibirem grande variação entre si em termos de nichos ecológicos e ocupação geográfica), e exibem a sola das patas com uma densa cobertura de pelos (o lince-pardo possui sola 'pelada'), cauda tipicamente mais curta e pernas mais longas (adaptadas para viajar através de neve muito profunda).

Figura 2. Relações filogenéticas entre os membros do gênero Lynx. Ref.4

Figura 3. Lynx canadensis em Southern Yukon, Canadá (Foto: Keith Williams/Wikimedia).


Figura 4. Lynx pardinus, espécie hoje em perigo de extinção (Foto: "Programa de Conservación Ex-situ del Lince Ibérico").

Figura 5Lynx lynx no Parque Nacional da Floresta da Bavária (Foto: Aconcagua/Wikimedia).


REFERÊNCIAS CIENTÍFICAS

  1. https://nationalzoo.si.edu/animals/bobcat
  2. Jones et al. (2022). Habitat selection in a recovering bobcat (Lynx rufus) population. PLoS ONE 17(8): e0269258. https://doi.org/10.1371/journal.pone.0269258
  3. http://www.catsg.org/index.php?id=96
  4. Meixi Lin and others, A Reference Genome Assembly of the Bobcat, Lynx rufus, Journal of Heredity, Volume 113, Issue 6, December 2022, Pages 615–623, https://doi.org/10.1093/jhered/esac031