YouTube

Artigos Recentes

Existe um "grande buraco" no Universo?

 

           Recentemente, uma grande conta no Twitter que frequentemente dissemina desinformações sobre astronomia ('Curiosity') publicou a imagem acima, originalmente divulgada pela NASA (Ref.1), com a seguinte descrição: "Existe um vazio no espaço tão grande que se você atravessá-lo não irá esbarrar em nada por 752536988 anos". De onde veio essa alegação? Ninguém sabe, talvez da mente fértil do responsável pela conta (que, aliás, chegou a ser suspensa após várias denúncias).

- Continua após o anúncio -


           A realidade é que essa curiosa região escura - conhecida como Barnard 68 (B68) - está relativamente bem próxima da Terra (a cerca de 500 anos-luz), possui uma extensão de ~0,5 ano-luz, e é uma nuvem molecular com alta concentração de poeira e gás (especialmente hidrogênio) que praticamente absorve toda a luminosidade visível de estrelas que estão atrás dela. Aliás, observações em infravermelho conseguem identificar os corpos luminosos e aquecidos escondidos por trás da nuvem. Ainda não é totalmente esclarecido como essas nuvens moleculares se formam, mas provavelmente representam locais para o nascimento de novas estrelas. De fato, é esperado que o B68 entre em colapso e forme um novo sistema estelar. Inclusive, a massa do denso núcleo do B68 é estimada ser equivalente a 2,1 massas solares, sugerindo um estado quase crítico (Ref.4); além disso, existe evidência de processos iniciais de colapso gravitacional na sua estrutura (Ref.5).


> Na duas imagens abaixo, temos observações do ESO (Observatório Sul Europeu), à esquerda, mostrando o B68 no espectro visível e no infravermelho próximo, e, à direita, uma imagem colorida artificialmente a partir de observações no visível (renderizadas em azul), no infravermelho próximo (verde) e no infravermelho (vermelho) mostrando os corpos luminosos por trás da nuvem molecular.



> Localizada dentro da Via Láctea, Bernard 68 é um dos locais mais frios (~10,5 K ou inferior a 263°C negativos) e isolados do Universo, e está no sentido da Constelação de Ophiuchus (Ofiúco ou Serpentário) (!).


(!) Aproveitando que foi mencionada a constelação Ofiúco, é interessante mencionar que ela protagoniza uma briga entre astrólogos e a NASA. Para quem quiser mais detalhes, fica a sugestão de leitura: A NASA mudou o Zodíaco?


REFERÊNCIAS

  1. https://science.nasa.gov/dark-molecular-cloud-barnard-68
  2. https://iopscience.iop.org/article/10.1086/367610/meta
  3. https://iopscience.iop.org/article/10.1086/344078/meta
  4. https://academic.oup.com/pasj/article/72/1/8/5645037
  5. https://iopscience.iop.org/article/10.1088/0004-637X/695/2/1308/meta