YouTube

Artigos Recentes

Cerveja dá barriga?



        Uma maior saliência na barriga dos homens devido ao consumo de cerveja, por si só, é um certo mito. A cerveja pode trazer uma barriga, mas não de modo especial ou específico. Ela traz barriga assim como qualquer outra comida em excesso. A ´barriga de cerveja´ não é uma doença, condição ou efeito colateral da cerveja e, sim, um acúmulo normal de gordura devido ao maior consumo de calorias.

        A causa da barriga de cerveja nos homens é simples: a cerveja já é calórica por si só, assim como vários outros alimentos. Apesar de não possuir um alto conteúdo calórico, se consumida em excesso é lógico que a cerveja trará alguns quilos a mais. O etanol das bebidas alcoólicas (o ´álcool´) também é uma fonte energética para o corpo, e deve ser contado como uma caloria extra. Além disso, é normal às pessoas que bebem muita cerveja consumirem muitos petiscos durante o ato, aumentando a ingestão de calorias e, consequentemente, engordando ainda mais. De qualquer forma, vários estudos já foram feitos para atestar se o consumo de cerveja realmente leva a um maior acúmulo de gordura na barriga, e o consenso dos resultados não suporta tal ideia (Ref.1, 3, 4, 5, 6 e 8). Porém, é válido destacar aqui que alguns estudos sugerem que o etanol pode induzir a um maior acúmulo de gordura na região abdominal por causa dos seus efeitos no fígado, mas isso não parece depender da bebida sendo consumida, ou seja, vale tanto para o vinho quanto para a cerveja.  Contudo, as evidências de que isso seja verdade são escassas e, provavelmente, o consumo alcoólico baixo ou moderado não deve impor significativo risco (Ref.10 e 11).

         Como regra geral, o fato dessa gordura toda se acumular na barriga masculina é determinado pelos fatores hormonais. Os homens tendem a acumular gordura na barriga, enquanto as mulheres engordam mais nas nádegas, coxas e culotes. Isso é mais visível ainda em pessoas que sempre foram magras, as quais, quando começam a engordar, acumulam quase toda a gordura na barriga, reforçando ainda mais o mito da cerveja que incha barriga. Portanto, se você consome cerveja de forma moderada ( < 500 ml  por dia), não é necessário se preocupar com uma barriga inchando de forma descomunal, exceto se você come feito um louco, claro. Mas caso você exagere no consumo de cerveja, ou qualquer outra bebida alcoólica, ter uma barriga grande será a última das suas preocupações...

OBS.: Isso também faz com que as pessoas achem que o levedo de cerveja comestível, usado bastante como suplemento alimentar,  também leva as pessoas a terem a barriga mais inchada. Isso passa longe da verdade. O levedo de cerveja possui baixíssimo conteúdo calórico, sendo rico apenas em proteínas, minerais e vitaminas. Aliás, ele é uma ótima opção de alimento.

REFERÊNCIAS CIENTÍFICAS 
  1. http://www.telegraph.co.uk/news/health/news/9864412/The-beer-belly-is-a-myth-study-claims.html
  2. http://www.health.harvard.edu/staying-healthy/beer-belly
  3. http://www.bbc.com/future/story/20130920-what-causes-a-beer-belly
  4. http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1002/j.2050-0416.2005.tb00681.x/abstract
  5. http://www.nature.com/ejcn/journal/v57/n10/abs/1601678a.html
  6. http://www.nature.com/ejcn/journal/v63/n9/abs/ejcn200939a.html
  7. http://www.askdrray.com/beer-belly-bad-news/ 
  8. http://nutritionreviews.oxfordjournals.org/content/71/2/67.abstract 
  9. http://umm.edu/health/medical/altmed/supplement/brewers-yeast 
  10. http://link.springer.com/article/10.1007/s13679-014-0129-4
  11. http://link.springer.com/chapter/10.1007%2F978-1-62703-047-2_29
  12. http://newsfeed.time.com/2013/06/13/beer-bellies-are-a-myth/
                                                                           Anúncio