YouTube

Artigos Recentes

Cirurgia para a mudança da cor dos olhos vale a pena?

         
           Existe uma técnica operatória relativamente recente (em termos de estética, o que não existe hoje em dia, certo?) que permite a mudança da coloração dos olhos de forma permanente. Bem, não é preciso dizer que realizar uma cirurgia desse tipo apenas por estética é algo meio estúpido. Mas o problema é que muitas pessoas recorrem a ela sem saber dos grandes riscos envolvidos.



          Qualquer cirurgia traz riscos consideráveis para o paciente, independentemente da gravidade do grau de intervenção. E, considerando uma cirurgia feita em um órgão tão sensível e importante como os olhos, os riscos são incalculáveis. A técnica para a mudança da cor dos olhos consiste em um implante artificial de uma íris no globo ocular. Ela foi desenvolvida para tratar pessoas que possuem uma íris mal formada desde o nascimento ou perdeu a cor natural delas devido a um lesionamento nos olhos. A íris artificial é feita de silicone e é inserida nos olhos através de um corte na íris alvo. A estrutura de silicone é colocada dobrada e, quando encaixada dentro da íris original, acaba, naturalmente ou manualmente, se desdobrando e preenchendo o resto desta parte ocular. Pronto, seu olho passa a ter a coloração desejada como se fosse tivesse nascido com ela.

A arriscada cirurgia é apenas para casos de má formação ou danos graves na iris, como na figura da esquerda; nem mesmo para pessoas que se sentem incomodadas com o raro fenômeno da direita (Heterocromia) a cirurgia é indicada.

          Quando a técnica foi criada, seus desenvolvedores garantiam segurança total no procedimento. Claro, para vender você não pode desfavorecer seu produto. Mas diversos estudos posteriores mostraram que, de seguro, ela só tem o marketing. Entre os perigosos efeitos adversos possíveis de ocorrerem, podemos citar: visão reduzida; elevação da  pressão dentro do olho que  pode levar ao glaucoma; catarata; danos à córnea que, se forem muito sérios, podem requerer um transplante urgente; e inflamação da íris ou áreas ao redor dela, gerando dor, visão embaçada e lacrimejamento excessivo. Se as complicações começam a ocorrer, os implantes devem ser retirados através de outra cirurgia, a qual carrega ainda mais riscos adicionais.

          Somando a isso, nos EUA os implantes ainda não foram colocados sob testes oficiais de segurança e não são aprovados pela FDA (Administração de Drogas e Alimentos dos EUA). A arriscada cirurgia é recomendada apenas para casos de reais necessidades, onde os benefícios compensam os riscos. Porém, muitos irresponsáveis ao redor do mundo estão se submetendo a tais perigos apenas para mudar a cor dos olhos por motivos superficiais de estética. Inacreditável, não? Veja no vídeo abaixo, como a cirurgia é feita.

                             

- Continua após o anúncio -



           Aqui no Brasil o procedimento ainda não é, felizmente, popular, mas já funciona em diversos hospitais especializados. A primeira cirurgia do tipo realizada com sucesso foi feita em novembro do ano passado, no Hospital de Olhos Sadalla Amin Ghanem, em um paciente com a íris completamente danificada em um dos olhos. Agora, se você quiser fazê-la apenas para ficar 'bonitinho', pode ir tranquilo ao hospital e levar sua melhor moedinha da sorte, porque você vai precisar.

OBS.: Desde 2011, existe um novo método, em testes experimentais, desenvolvido pelo médico norte-americano Dr. Gregg Homer que envolve aplicar um laser para destruir o pigmento do olho castanho, resultando em uma coloração azul da íris. Porém, especialistas da área alertam sobre os perigos do procedimento, onde a ação do laser pode danificar permanentemente os olhos se houver qualquer descuido técnico ou de planejamento antes e durante o procedimento. Hoje, a técnica já é utilizada em pequena escala na América Latina, mas ainda não obteve aprovação das agências de saúde dos EUA para que possa operar em solo norte-americano. (Ref. 5 e 6)

Artigo relacionado: O que são os flutuadores oculares? 

REFERÊNCIAS
  1. http://www.aao.org/eye-health/tips-prevention/iris-implants-risk-eye-damage
  2. http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/22244609
  3. http://www.dailymail.co.uk/health/article-2535992/I-surgery-Panama-change-eye-colour-ended-temporarily-blind-8-000-unregulated-op-went-horribly-wrong-London-student.html
  4. http://www.mirror.co.uk/news/technology-science/science/horrifying-footage-shows-damage-caused-5070481
  5. http://time.com/money/3733372/surgery-turn-brown-eyes-blue/
  6. http://www.bbc.com/news/technology-15596885