YouTube

Artigos Recentes

Nosso Universo possui cerca de 10 vezes mais galáxias do que antes previsto!



        Um novo estudo publicado no The Atrophysical Journal (Ref.1) mostrou que o número de galáxias obtido com os mais recentes dados astronômicos estabelecidos na comunidade científica é algo em torno de 2 trilhões! Esse valor ultrapassa bastante o número encontrado e fixado desde a década de 90, ou seja, próximo de 200 bilhões segundo as estimativas prévias mais recentes.

         Para chegar nesse resultado, os pesquisadores envolvidos no estudo usaram dados mais acurados de vários sistemas de observação astronômica entre as agências espaciais, incluindo aqueles obtidos pela versão mais atualizada do telescópio Hubble concebida pelas reparações da NASA. Com o foco em estudos mais recentes no campo do Deep-Field (observação de galáxias muito distantes da nossa, acima de 13 bilhões de anos-luz), melhor entendimento dos valores do efeito de Desvio para o Vermelho (´redshifting´, no inglês) e densidade de massa no Universo os pesquisadores obtiveram dois números limites de galáxias: 1,2 x 1012 e 2,8x1012. Na média desses valores, um mínimo de 2,0x1012 é obtido, ou seja, 2 trilhões. O número de galáxias, claro, é apenas uma curiosidade a mais do estudo, onde o mais importante foi a aquisição de maior conhecimento do processo de formação e estrutura do Cosmo. E esses resultados vêm também para confirmar o que os astrônomos já vinham questionando há anos: a massa total do Universo teorizada é grande demais para a antiga estimativa do número de galáxias, ou seja, muitas delas estavam distantes demais para que observações anteriores, e cálculos baseados, as notassem.

- Continua após o anúncio -



           Mas é bom lembrar que existe um porém nessa história toda dos números. Enquanto a densidade de massa calculada pode ser real, o número de galáxia compartilhando a massa total (ou seja, os 2 trilhões de média) pode ser bem menor do que o anunciado. Isso porque a luz que chega a nós de galáxias muito distantes demora tempos inimagináveis para alcançar nossos sistemas de observação, como o Hubble. Durante todo o percurso de viagem em direção ao Sistema Solar, muitas galáxias podem já ter se fundido uma com as outras, em um processo já bem estabelecido na Astronomia. Portanto, se considerarmos a data de hoje, o número individual de galáxias provavelmente é expressivamente menor do que os 2 trilhões encontrados. De qualquer forma, o número continuará sendo bem maior do que antes previsto. E outra coisa óbvia de ser lembrada é que esse número pode mudar no futuro, por causa de novos parâmetros mais acurados de cálculo e devido às otimizações nas observações astronômicas.

          Atualmente, só podemos observar diretamente apenas 10% dessas supostas 2 trilhões de galáxias, mas avanços de observação no futuro nos permitirão explorar muito mais desse mar galático. E um dos grandes candidatos para isso é o sucessor do Hubble, o Telescópio Espacial James Webb.

- Continua após o anúncio -



   IMPLICAÇÕES PARA A VIDA ALIENÍGENA

            Em trabalhos de Astrobiologia mais recentes, já foi mostrado que só na nossa galáxia, a Via Láctea, é estimado que existam bilhões de planetas em zonas ao redor das suas estrelas com boas condições de abrigarem vida! Em outras palavras, em apenas uma galáxia temos bilhões de apostas em planetas que orbitam uma zona habitável (claro, sendo otimista no que pode ser considerado ´zona habitável). Agora, imagine que ao invés de 200 bilhões de galáxias, temos, ou tínhamos, uma média de 2 trilhões delas! Como cada galáxia possui uma massa e estruturas específicas diferenciadas, não podemos jogar o mesmo número de probabilidade de vida em todas elas, mas podemos ter uma boa noção de um valor absurdo para as chances de vida além da nossa Terra. Fica evidente, também, que é mais do que plausível ter bastante vida inteligente nas redondezas do Universo.

Artigos Relacionados:

REFERÊNCIAS CIENTÍFICAS
  1. https://arxiv.org/pdf/1607.03909v2.pdf
  2. http://www.nature.com/news/universe-has-ten-times-more-galaxies-than-researchers-thought-1.20809
  3. https://www.nasa.gov/content/finding-life-beyond-earth-is-within-reach
  4. https://www.cambridge.org/core/journals/international-journal-of-astrobiology/article/bernoulli-darwin-and-sagan-the-probability-of-life-on-other-planets/6FF1A8E9FCA77DB47B8996E5573C9619
  5. http://www.pnas.org/content/110/48/19273 
  6. http://www.nasa.gov/feature/goddard/2016/hubble-reveals-observable-universe-contains-10-times-more-galaxies-than-previously-thought