YouTube

Artigos Recentes

Por que proibir seu cão de colocar a cabeça para fora do carro?



         Cães adoram colocar a cabeça do lado de fora do carro e entrar em outra dimensão de diversão. Com tudo passando em alta velocidade,  uma mistura de cheiros, paisagens e sensação do vento forte batendo na cara os levam à loucura.

         Mas essa é uma prática altamente perigosa para os cães, mesmo sendo tão popular. Além do risco óbvio do cão sofrer acidentes sérios por estar com a cabeça para fora no meio do trânsito, seus olhos acabam sofrendo grandes danos, devido à entrada de detritos, pequenos insetos e outras sujeiras, os quais penetram de forma forçada no globo ocular do cachorro pelo vento forte. O perigo aumenta mais ainda devido ao fato de que os cães tendem a ficar com os olhos abertos durante o ato. Os danos vão dedes lesões físicas até graves reações alérgicas devido à presença de corpos estranhos alojados na região ocular. O ressecamento excessivo das mucosas caninas pelo forte vento também é bastante prejudicial. Inflamações sérias e até mesmo cegueira podem sair como resultado desses fatores de risco.

Eles podem ficar felizes, mas esses fortes ventos são extremamente danosos a eles
           Os ventos fortes também trazem prejuízos às orelhas dos cães, já que elas são balançadas violentamente de um para o outro. Consequentemente, injúrias começam a surgir nas orelhas e, se os traumas continuarem com grande constância, é arriscado que uma deficiência de movimento dessa parte do corpo surja de modo permanente. Além disso, freadas e viradas bruscas do carro podem fazer com que os cães batam a cabeça com força nas laterais da janela, ou, pior, desequilibrá-los para fora do veículo. Ficar com a cabeça agarrada entre a abertura da janela ( dependendo de como ela está aberta) é outro problema. Ou nem é preciso ficar agarrada: se a abertura é mínima, um susto qualquer no animal pode levá-lo a recolher a cabeça com rapidez e descuidado, machucando bastante ao bater nos entornos da pequena área delimitando a abertura. 

              E falando em carros, outro erro comum é deixar seu cão viajar na cama de uma pickup. O problema do vento também entra aqui, além do desequilíbrio ser muito maior nessa parte aberta do carro. Somando-se a isso, existe o problema do piso da cama. Em dias ensolarados, ele pode esquentar bastante, principalmente se não for forrado com algum material de proteção. Isso pode queimar seriamente as almofadinhas na pata do cão durante a viagem.

Total irresponsabilidade

            A recomendação é proibir, com ênfase, esse comportamento.  O ideal é manter o cão com um cinto adaptado, em um ´caixote´ de contenção ou, se o carro possuir, na parte traseira adaptada como uma espécie de camburão. Você estará privando seu animal da diversão? Bem, crianças também amam comer toneladas de chocolate, mas será sensato permitir o exagero?

Cintos adaptados e um ´caixote´ de contenção são boas opções para a viagem
REFERÊNCIAS
  1. http://animals.howstuffworks.com/pets/pet-travel/let-dog-stick-head-out-window.htm
  2. http://www.petmeds.org/petmeds-spotlight/don%E2%80%99t-let-your-dog-stick-his-head-out-the-car-window/
  3. http://agriculture.vic.gov.au/pets/dogs/legal-requirements-for-dog-owners/dogs-on-moving-vehicles
  4. https://www.cesarsway.com/dog-care/eye-care/all-about-canine-eye-care
  5. http://www.cityofsydney.nsw.gov.au/live/animals/your-obligations/dogs-travelling-in-cars
  6. https://www.tripswithpets.com/twp-blog/dogs-head-out-the-car-window-a-dangerous-habit