YouTube

Artigos Recentes

Ingerir líquidos junto às refeições é prejudicial?


                                                 


            Você já deve ter ouvido bastante que comer o almoço ou janta acompanhados de uma bebida é prejudicial para a digestão. E isso é acurado? A resposta é simples: não. Mas, claro, exageros devem ser evitados.

           Durante o processo de digestão, várias enzimas entram em ação junto com diversos sucos digestivos. No estômago, por exemplo, o meio é bastante ácido, tanto para quebrar as proteínas através de reações de hidrólise (com a ajuda de enzimas como a pepsina), tanto para matar possíveis bactérias e outros seres invasores que vêm de carona com a comida. Uma das principais preocupações com a ingestão de líquidos nas refeições é a possibilidade de diluição do ácido ali presente (clorídrico), prejudicando a digestão e defesa contra os micro-organismos. Mas o pH (medida de força ácido) da região estomacal é muito baixo, em torno de 1, ou seja, muito ácido. Portanto, a quantidade de líquido ingerido teria que ser enorme para causar algum efeito neste parâmetro. Se você consome, habitualmente, um copo de água ou suco por refeição, isso em nada irá atrapalhar seu estômago. O mesmo pensamento vale para a crença de que o líquido ingerido empurrará a comida muito rápido para fora do seu estômago antes do processo digestório neste órgão acabar. Novamente, apenas um excesso fará isso ocorrer em significativa extensão.
Um copo de suco ou outro líquido qualquer não irá prejudicar a sua digestão; apenas evite o uso excessivo de adoçantes nos mesmos e/ou modere no álcool

            Esclarecendo a principal preocupação, venho agora informar um fato para lá de animador para os amantes do acompanhante líquido durante as refeições. Diversos estudos já mostraram que beber água, ou outros hidratantes, antes, durante e depois das refeições auxilia imensamente a digestão e até contribui para a  perda de peso (gordura). E como é isso? Para fazer a digestão o corpo utiliza muita água, tanto para preparar os sucos digestivos, quanto para o metabolismo daquilo que é consumido. Só de saliva, as quantidades de água empregadas são imensas. Por isso, hidratar-se antes prepara o seu corpo para o processo digestivo, e a posterior hidratação repõe as perdas. E beber líquidos durante auxilia a digestão por ajudar a envolver e amaciar melhor a comida para o ataque enzimático e descida pelo esôfago, além de lubrificar mais o intestino, melhorando o trânsito de alimento e sua absorção. No papel de emagrecedor, a água adicional ajudaria a preencher mais o estômago, podendo dar uma sensação maior de saciedade, e, portanto, impedindo que você continue comendo feito um porco (Risos). A água também é essencial para a formação de um gel com as fibras dos alimentos, prendendo os carboidratos e impedindo picos altos de insulina, principal hormônio responsável pelo acúmulo de gordura no nosso corpo (isso se você ingere refeições com uma boa presença de fibras...).

             Mas como nem tudo são flores, existem as bebidas que não são recomendadas. Líquidos muito ácidos (como os refrigerantes) ou com muito álcool podem prejudicar um pouco o processo digestivo. A acidez e o álcool excessivos induzem o ressecamento da boca, diminuindo a produção de saliva. Com isso, a digestão dos amidos (cerca de 70% deste carboidrato é hidrolisado pela enzima  ptialina, presente na saliva) é comprometida, além de quebrar a primeira barreira de imunidade contra a entrada de seres invasores, já que a saliva contém diversas substâncias de defesa contra eles, as quais são também responsáveis por manter a boca saudável. E ao contrário do que muita gente pensa, ingerir bebidas e/ou alimentos sólidos muito gelados ou muito quentes não influencia a digestão, porque o corpo regula rapidamente a temperatura dos mesmos, aumentando ou diminuindo o metabolismo momentâneo. Só é preciso tomar cuidado com os extremos, para que queimaduras graves não ocorram.

             Portanto, se não houver exageros e evitando o uso abusivo de açúcar, dá para tomar sua bebida sossegado enquanto almoça. Mas não use ela para empurrar comida goela abaixo. Mastigue bem os alimentos antes de engoli-los, ou tudo o que eu falei anteriormente terá sido em vão. A mastigação induz a salivação e produção de sucos digestivos, principalmente no estômago. Mas isso é para quando for comer, porque ficar mastigando à toa, como quando você masca chicletes, induz a produção de ácido clorídrico neste órgão, levando a danos futuros, já que o ácido acaba agindo sobre as paredes estomacais na falta de alimento.

REFERÊNCIAS CIENTÍFICAS
  1. http://www.mayoclinic.org/healthy-lifestyle/nutrition-and-healthy-eating/expert-answers/digestion/faq-20058348
  2. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/8287852 
  3. https://www.niddk.nih.gov/health-information/digestive-diseases/digestive-system-how-it-works