YouTube

Artigos Recentes

Desejos sexuais em...leveduras?


          Na natureza, todos os animais sexualmente ativos são atraídos por um futuro parceiro por características que melhor garantirão melhores filhotes e proteção mútua no relacionamento. E em leveduras parece não ser diferente.

        O pavão usa sua cauda aberta para mostrar vantagem sobre outros machos em competição, passarinhos capricham no canto, e muitos outros apostam no tamanho corporal para impressionar as fêmeas. As leveduras, fungos unicelulares, mantêm a mesma inclinação, porém usam feromônios de ´análise´ para escolherem o melhor companheiro sexual. Estes fungos, em um meio onde o alimento está em abundância, preferem utilizar a reprodução assexuada, por duplicação, mas em ambientes de ´fome´, eles são encorajados a trocarem material genético entre si. Nesta situação de escassez alimentar, os parceiros de maior tamanho são os mais requisitados quando o alimento não está tão escasso, mas em uma crítica situação de fome, os menores são os conquistadores. O modo como as  células solitárias sabem do tamanho relativo um dos outros é melhor explicado pela  existência de sinalizadores excretados na forma de feromônios.

          Estudar estes seres é perfeito para entender a evolução do sistema de reprodução sexuada, já que eles possuem ambos os mecanismos de reprodução, além de serem bem simples e fáceis de serem manipulados em laboratório.

Fonte: Scientific American